sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Soluções criativas para o calor

Boa solução, a inovação em Mossoró-RN é a MOTO REFRIGERADA.
Belo registro do meu amigo e fotógrafo Sérgio Almeida!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Boa nova

Muito feliz com a boa notícia. Ganhei meu primeiro prêmio literário. Fiquei em segundo lugar no XXXVI Concurso Internacional de Poesias, com representantes do Brasil, da Europa e outras regiões, promovido por uma Editora de São Paulo. 
O tema do Concurso foi "O mundo visto da janela". 
Ainda não posso divulgar a poesia premiada aqui, pois ela será lançada em uma publicação em breve. Mas dedico essa conquista às minhas avós, Joana e Heloisa. 
Vó Heloisa me inspirou o gosto pela leitura e Vó Joana o gosto pelo samba. 
E deu samba!


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Amor pleno

O amor pleno, na minha opinião, é o que sentimos por nossos filhos. Não há amor maior.
É um sentimento puro, de proteção e admiração.
Hoje me caiu uma ficha que meu primeiro bebê não mais o é. Fernanda completa nessa data 17 anos.
Menina de temperamento forte e personalidade aguçada, tímida, inteligente, mas com alguns defeitos como todos nós os temos.
Tenho muito orgulho de tê-la como minha filha primeira. Minha pequena velejadora, que vai velejar pelos mares do futuro e de seus sonhos, os quais serão todos possíveis.
A data será comemorada à distância física, porém sentida em sua intensidade por todos os minutos desse 23 de novembro. Dia de simbolismos e significados para ela, seus pais e suas avós.
Deus escreve sempre certo.
Dia 22 foi o dia do falecimento do seu avô Tito e dia 24 seria o aniversário de nascimento do seu avô Claudio, que também já fez sua passagem. Época difícil para a vovó Dotye, mas compensada pelo Papai do Céu com a celebração da vida e da vinda de nossa eternamente pequena Fernanda.

Fernanda,

Saiba sempre que esse pai que distante vive a ama mais que você consegue calcular ou mensurar em distâncias físicas. Estou e estarei sempre contigo nesse e em todos os outros dias de sua vida. Mesmo que em outro Estado ou em outras Dimensões.
Feliz, mas muito Feliz Aniversário!!!!

Te amo, muito, sempre, pleno!!!

Angelo





segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Se foi o Delegado dos corações mangueirenses

Hoje o samba carioca se enfraquece com mais um integrante da velha guarda que se vai.
Morreu no RJ o Delegado, da Mangueira. Mestre Sala nota 10 e fonte de inspiração a coreógrafos como ninguém menos que Carlinhos de Jesus.
Segundo um de seus filhos o apelido de Delegado veio quando ainda moço, pois: “Ele prendia todas as mulheres que conhecia, nenhuma resistia ao gingado dele”, conta, bem-humorado. Fazendo jus ao apelido, nem a própria família sabe ao certo quantos filhos o sambista teve.
Bom humor e samba, a combinação mais carioca que existe!
Salve a Mangueira!


Salve a Mocidade!

Estava desconectado do blog no final de semana, mas não poderia deixar de registrar o aniversário de 57 anos bem vividos da minha Escola de Samba do coração.
Salve a Mocidade Independente de Padre Miguel!!!! Salve Bangu! Salve Padre Miguel! Salve Realengo! Salve Jabour! Salve o Parque Leopoldina!!!!!
Salve meu samba cadenciado e a lembrança do Mestre André!

Como diria Elza Soares:

Lá vem a bateria da Mocidade Independente
Não existe mais quente
Não existe mais quente


É o festival do povo
É a alegria da cidade

Salve a Mocidade!
Salve a Mocidade!


Mestre André sempre dizia
"Ninguém segura a nossa bateria"
Padre Miguel é a capital
Da escola de samba
que bate melhor no carnaval!


quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Hoje é dia de festa!

Desde que me entendo por gente que sempre quis ter um filho em homenagem ao Anjo Gabriel. Talvez pela proximidade dos nomes (Angelo e Anjo), talvez por algo que foge à minha compreensão, mas que se escreve nas estrelas.
Gabriel sempre foi um nome forte em minha mente.
Há exatos 3 anos Deus me deu o segundo maior presente de minha vida. Fui brindado com um segundo anjo, meu segundo filho. Minha primeira filha Fernanda foi meu primeiro presente.
Apesar da Adelle ter relutado muito em aceitar o nome, por haver muitos em sua família, não teve como desviar do destino e do nome bíblico: nascia Gabriel.
Gabriel o legítimo!
Pouco mais de mil dias depois nosso amor só cresce e nos abençoa.
Para um homem não há amor maior que de um pai!
Meu lindo Gabriel, que Deus sempre lhe proteja e que seus caminhos sejam sempre como o sentimento puro e perfeito que nutro por ti. Você é meu sol que irradia meu rosto todas as manhãs.
Te amo. Muito. Tudo.

Feliz Aniversário ao Gabriel Baeta!


sábado, 3 de novembro de 2012

Com que roupa (Banda Mister Music)

Esses são meus amigos Guilherme e Gustavo, da Banda Mister Music. A praia deles é o pop-rock, mas de tanto eu perturbá-los saiu essa obra prima aí.
Tenho certeza que muito em breve o Brasil conhecerá melhor o trabalho destes meninos da música e grandes talentos. Falta um no trio, que não aparece neste samba, o Genner. São so 3 Gs da boa MPB (Música POTIGUAR Brasileira)!

Apreciem com moderação e registrem seus comentários sinceros....


quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Dia de Santo

De alguma forma hoje é dia de celebração. Dia de música e humor.
Há um Santo que é protetor dos músicos, dos comediantes e dos palhaços.
Corria o ano de 287 da era cristã, quando o Imperador Diocleciano decretou que todos os cidadãos deveriam prestar homenagem pública aos deuses pagãos. Um cristão rico e pragmático, querendo se dar bem com Deus, resolveu contratar o maior dos stupidus, Philemon, o melhor dos imitadores, para apresentar uma farsa em seu lugar: ir até o templo, substituindo-o, e lá cumprir as obrigações com os deuses em seu nome. 
Philemon, o Palhaço, se disfarçou e, na hora de dar início ao ritual, surpreendeu a todos dizendo: – Não o farei! 
A platéia, então, o reconhece. – É Philemon, o stupidus
O templo todo cai em gargalhada com a peripércia do palhaço. Mas aquilo não era uma piada. Philemon havia se convertido. Acreditando em um Deus único, gritava que jamais homenagearia falsos deuses. 
Ele foi martirizado e executado. 
Tempos depois, vira São Filomeno, santo e mártir da Igreja Católica, protetor dos músicos, comediantes e palhaços, e é festejado hoje, no dia 1º de novembro. 

Viva São Filomeno!


terça-feira, 30 de outubro de 2012

Todo castigo é pouco...

Particularmente eu não acredito em azar. Respeito quem acredita, mas não creio em sua existência.
Há pessoas que descrevem verdadeiras teorias sobre sorte e azar, outras, como eu, preferem apostar suas fichas em causas e consequências, em acaso e destino, ou até mesmo em circunstâncias.

Seja como for vou contar uma pequena história verídica de um amigo de um amigo meu que viajou semana passada para Curitiba.
Qualquer outra pessoa que me contasse eu diria que era coisa de pescador ou que o elemento só estava querendo valorizar suas pitangas choradas. Mas como conheço muito este amigo de um amigo meu...foi tudo verdade!

Tudo começou em uma segunda-feira, quando o cidadão foi ao aeroporto para iniciar mais uma semana normal de trabalho indo ministrar uma palestra em um evento regional. Chegou cedo ao check-in, como não lhe é de costume, e encontrou uma fila maior que seu otimismo com a viagem.
Paciente e educado pensou: sem problemas, estou no horário e meu assento está assegurado, só tenho de despachar minha bagagem. Esperto, fez seu check-in pela internet...no dia anterior.
O que poderia dar errado?
Resposta: overbooking!
Como assim????? reclamava ele. 
O funcionário da TAM (ops...falei a operadora!), despreparado, dizia: isso é muito normal meu senhor. A ANAC autoriza a todas as companhias aéreas a prática de comercialização em excesso de 5 assentos por vôo, vulgo overbooking. O máximo que pode acontecer é realocarmos os passageiros em outros vôos e poucos nos processam.
Hummm...boa dica. Mas não nem por isso confortador.
Bom, a segunda está começando, um atraso de leve não pode lhe preocupar. Afinal, esperto que é, fez sua reserva com antecedência e seu vôo, se fosse em seu vôo, chegaria na capital paranaense por volta das 12h. Tempo suficiente para almoçar um bom churrasco sulista e preparar sua palestra com calma na tarde fria de um bom hotel. Havia deixado para preparar sua palestra no dia, pois o evento seria terça e quarta o dia todo.
O tema do evento muito lhe interessava, não queria perder nenhuma parte, mesmo sua palestra sendo na quarta.
Sabendo disso, voltemos ao aeroporto...ao overbooking. O cidadão já mais calmo se dirige à funcionária responsável pela realocação dos passageiros e diz, sem problemas, tenho um certo tempo. Me coloque no próximo vôo à Curitiba.
Sorriso no rosto e aparente tranquilidade, quando recebe a resposta.
Não há vôos para Curitiba!
Resumindo, apesar de ter acordado às 4h para pegar o vôo das 6h...só saiu de Natal, sua cidade, às 10h.....foi para Fortaleza, onde tomou um café da manhã típico de aeroporto, almoçou no aeroporto do Rio de Janeiro, passou rápido por São Paulo....e.....como (não) previsto....chegou à Curitiba por volta das 20h.
Até chegar no hotel no centro da cidade e se alojar....adeus preparação da palestra!
No dia seguinte, logicamente, não conseguiu acordar cedo para estar no evento às 8h e pensou...como estou cansado mesmo e minha palestra seria só no dia seguinte, vou ficar no hotel na parte da manhã e concluo logo minha apresentação. Vou perder algumas das melhores partes do evento, mas à tarde chego por lá com meu material pronto e finalmente, antes de ir ao evento, vou experimentar uma churrascaria curitibana legítima!
Planos refeitos.
Ao descer do quarto para o café da manhã, na primeira dentada de uma iguaria sulina...ops...mordeu algo estranho. Era seu bloco dentário que havia caído. Bloco já há mais de dez anos em sua boca e resolveu cair...naquele dia!
A manhã foi suficiente para a apresentação, mas com o dente "aberto"....adeus churrascaria!
O evento transcorreu normalmente. O cidadão aproveitou para testar sua apresentação no intervalo do primeiro dia e tudo OK.
Na madrugada de terça para quarta, por volta de 1h da matina...três mensagens de celular. Quem seria naquele horário???
Ahhh...eram só as mensagens de meu banco dizendo das compras de meu cartão de crédito de três passagens aéreas debitadas naquele instante.  Que susto! Susto? Como assim passagens aéreas???? Como assim cartão de crédito???? 
Cartão clonado. Acontece. Mas justo naquela semana????
Mensagem do banco pelo celular: Caro cliente, esse atendimento só pode ser realizado de segunda à sexta das 8h às 22h!
Há momentos em que devemos silenciar um pouco, encher o peito de ar e soltar um sonoro: P...Q..P....!!!!
Na quarta-feira, com o sono refeito, uma hora de negociação com o banco para bloquear a função de crédito, e o dever cumprido, veio a ansiedade pela apresentação. Platéia cheia e conferencistas de peso ao lado. Só pensava na combinação que fez na apresentação e no ponto alto....um vídeo com um depoimento impactante e bem humorado que guardou para o final de sua fala.
Como assim o vídeo não abre???? Mas deu tudo certo ontem!!!
A sua narração de como seria esse vídeo óbviamente não surtiu o mesmo efeito.
Bom, mas no começo do dia narrei que apenas foi bloqueado a função de crédito...e não o cartão.
E teve uma razão. Como pagar o hotel e a alimentação sem cartão?
Foi um risco calculado, mas nem por isso despreocupante.
No final do dia ele pensou, vou sacar uma grana maior, aproveitando que estava com bom saldo na conta e enfim cancelo definitivamente o cartão.
Se dirigiu à uma agência retirou o extrato e ....como assim estou no negativo????
A moça do banco não disse que a clonagem apenas afetou o cartão de crédito???
Olha extrato daqui, fuça extrato dali...achei!!!! Tenho um empréstimo consignado que foi debitado da minha conta 4 vezes esse mês ao invés de só uma.
O predestinado ligou para seu gerente que garantiu: foi uma inconsistência do sistema, mas será resolvido até o final do dia, nem se preocupe com isso.
Não foi.
Bom, já menos otimista e muito menos feliz resolveu: Vou para o hotel e saio cedo para meu vôo de volta e assim que chegar em Natal, no começo da tarde resolvo tudo em minha agência.
Check-in finalmente feito, em plena quinta de manhã, malas despachadas, nada podia dar errado. Comprou um livro do Luis Fernando Veríssimo....altamente indicado (Em Algum Lugar do Paraíso), para ter um pouco de humor numa semana incomum....quando ouve pausadamente: passageiros com destino à Natal, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro e o CaráiDeAsa.....seus vôos estão cancelados! Dirijam-se ao guichê da companhia....etc...etc.
Havia um vento na cabeceira da pista que estava forçando aos aviões à arremeter.
Se ir para Curitiba saindo de Natal era difícil....imagina o inverso!
À essa altura....sem um dente....sem dinheiro, nem cartão.....e sem voltar pra casa....lhe veio à cabeça a brilhante história de Joseph Climber, personagem da companhia de humor brasiliense Os Melhores do Mundo, quando ele disse: CAAAARAAAALH........!
Mais um "não se preocupe", proferido pelo funcionário da companhia aérea, seguido de um: vamos acomodá-lo em um grande hotel com direito à jantar e café da manhã e na sexta-feira às 6h você embarca. Sim, eu disse jantar....pois o dia foi todo perdido para buscar essa solução junto a dezenas de outros passageiros.
Pelo menos o saldo literário foi positivo, pois pôde ler o livro todo.
O hotel era realmente grande....grande bost...!!! Do jeito que todos gostam....em uma região erma da cidade....carpete....e para melhorar.....o funcionário da recepção do hotel diz: nosso restaurante foi interditado pela ANVISA, mas não se preocupem (dá até coceira com essa frase quando a ouço!) nós temos um convênio com um excelente restaurante. Você pode escolher neste cardápio e nós fazemos a solicitação que no máximo em 40 minutos seu jantar será servido.
Só esqueceram de dizer que seriam TRÊS HORAS e 40 minutos. Foi jantar às 22h e dormiu para o término da semana.
A sexta só poderia lhe receber bem, pois o resto da semana foi para ser esquecido em sua maior parte. Um tempo maravilhoso em Natal, um sol comum ao resto do ano, um táxi no horário...13h30 da tarde....tempo suficiente para chegar ao Banco do Cazaquistão, como diria meu amigo Alexandre, pois do aeroporto direto ao banco dava menos de 15 minutos.....
Dava.
Em dias normais.
O Exército estava fazendo uma operação de guerra na BR-101!
DUAS HORAS para chegar ao banco!!! Quase não consegue entrar....embora tenha conseguido...entrar...pois resolver o problema...é tópico para mais algumas postagens!

Bem, mas como eu não acredito em azar...

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Diálogo sobre a montanha

Há quem pergunte
por que vivo
     nestas verdes colinas
Sem responder, sorrio,
     de coração sereno,
enquanto as flores de pessegueiro
     flutuam na água.
Tudo vai embora, tudo se apaga.
     Aqui é outra, a terra,
e outro, o céu.
     Nada parecido
com o mundo dos humanos
     lá embaixo.

Li Bai (李白)
(Poeta clássico chinês que viveu de 701-762 durante a Dinastia Tang)


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Pensamentos de um viajante


Viajar é como renovar estoques da memória e oxigenar bons conhecimentos.
Sempre é bom sair um pouco de nosso lugar comum em busca do desconhecido.
Quanto mais longe e mais distinto de nossa cultura cotidiana estivermos mais valorizamos o que temos e a quem amamos. Assim penso.
Novos matizes sempre me inspiram e me estimulam. É como um réptil que troca de pele para se tornar maior e mais experiente.
Curioso que a mesma estrada, que fascinava e levou meu pai, me encanta e me desperta a busca por conhecer e explorar.

Escrito à bordo do avião no caminho para Buenos Aires.

sábado, 1 de setembro de 2012

Pensamento político da vez...

"Estaremos siempre al lado del gobierno...porque si vamos adelante nos coge y si vamos detrás no caga".

Provérbio argentino

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Saudades do meu pai

Sabe pai...ainda não me acostumei com sua ausência.
Não sei lidar muito com perdas, e as temos a todo momento. Fico vendo pessoas que não falam com seus pais e se privam de um abraço. Nada me fará entender.
Todos nós temos defeitos em abundância e qualidades escassas, mas que nos valorizam. 
Por isso faço questão de dizer EU TE AMO todos os dias a Fernanda e ao Gabriel. Para que eles saibam que mesmo que eu não seja o pai de seus sonhos, nunca vou amar alguém como eu os amo.
Pensar em você, meu pai, é como escutar uma música do Fábio Júnior que fala sobre Pai e Filho. Me faz chorar de saudade e do baita (quase Baeta) orgulho que sinto por ser seu filho.
Sei que erro bastante, tentando acertar, mas quero que quando essa jornada acabar você tenha muito orgulho do filho que deixou por aqui. Assim nosso abraço no reencontro será melhor.
Meus filhos, seus netos, seguirão a mesma estrada. Estrada do BEM.
Quero desejar, mesmo atrasado (como não poderia deixar de ser!), a todos os PAIS e FILHOS pelo Dia dos Pais! Também às muitas PÃES que conheço!
Esse final de semana pude abraçar muito meu pequeno Gabriel e conversei com Fernanda (rapidamente...como sempre...ô adolescência!) e curtir minha saudade de você.
Muitos beijos...papai!
Eu te amo.
 

sábado, 11 de agosto de 2012

Multa por alta velocidade!


Uma advogada andava em alta velocidade pela cidade com seu Tucson, quando foi parada pelo guarda de trânsito.

O Guarda: - A senhora estava além da velocidade permitida, por favor a sua habilitação. Advogada: - Está vencida.
Guarda: - O documento do carro.
Advogada: - O carro não é meu.
Guarda: - A senhora, por favor, abra o porta-luvas.
Advogada: - Não posso, tem um revólver aí que usei para roubar este carro.
Guarda (já bastante preocupado): Abra o porta-malas!
Advogada: - Nem pensar! na mala está o corpo da dona deste carro, que eu matei no assalto.
O guarda , vendo-se diante das circunstâncias , resolve chamar o Sargento. Chegando ao local o Sargento dirige-se a advogada:
Sargento: - Habilitação e documento do carro por favor!
Advogada: - Está aqui senhor, como vê o carro está no meu nome e a habilitação está regular.
Sargento: - Abra o porta-luvas!
Advogada (tranqüilamente...) : - Como vê só tem alguns papéis.
Sargento: - Abra o porta-malas!
Advogada: - Certo, aqui está... como vê, está vazio.
Sargento (constrangido): - Deve estar acontecendo algum equívoco, o meu subordinado me disse que o senhora não tinha habilitação, que não era o dona do carro pois o tinha roubado, com um revólver que estava no porta luvas, de uma mulher cujo corpo estava no porta malas.
Advogada: - Só falta agora esse sacana dizer que eu estava em alta velocidade!!!


Dia dos meus amigos AdeVOGADOS

Hoje é o dia dos advogados...segue uma homenagem aos meus amigos...

Pior do que um advogado é uma ADVOGADA!
Uma advogada vai entrando em um motel com seu amante, quando vê , de repente, que seu marido vem saindo com outra.
Aí ela grita:
Aháááááá!!!!
Maaaaaldiiiiiiiito!!
CafaJeeeeeste!!!!!!!!!!!!!!!!
Cachooooorrooooo!!!!!!!
Bem que me avisaram!!!!!
Te pegueiiii, seu sem vergonha!!!!!!
E não adianta mentir não...!! Eu trouxe uma testemunha...!!!
Seu cabra safado!

domingo, 5 de agosto de 2012

sábado, 4 de agosto de 2012

4.0 Baeta

Semana passada entrei na casa definitiva dos ENTA. E no último sábado comemorei com muitos amigos no já tradicional Churrasco Baeta.
Foi a celebração de metade, se Deus quiser, de um ciclo de vida que se fecha e se re-inicia. 4.0 à álcool e injeção eletrônica de felicidade.
Obrigado a todos que vieram; a todos que não vieram, mas quiseram estar aqui; enfim, à todos os meus amigos queridos e que ajudam a compor a história da minha vida.
Mestre Vinícius, entre um copo e outro, afirmou com toda a sua sabedoria que não sobreviveria sem seus amigos...nem eu.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Ano que vem já fica registrado...não precisa de convite, só trazer sorrisos e disposição!

terça-feira, 24 de julho de 2012

Eu sou fã de botequim - Celso Cruz

Reclamo ou mudo de bar
Exerço o meu direito
Eu quero tudo perfeito
E se puder... ser encantado
Garçons limpos, arrumados
Cerveja boa e gelada
Só a conversa é fiada
Comigo sempre é assim
Eu sou fã de botequim
E minha mesa é na calçada.

Minha mesa é na calçada
Eu sou parte da paisagem
Exerço a malandragem
Nas minhas horas de folga.
Uma coisa que me empolga
É um bom atendimento
Um petisco suculento
Um sorriso, uma atenção
Paga qualquer comissão
Pode cobrar 10 por cento!

Me nego a pagar gorjeta
Se algo sério condene
Como falta de higiene
Ou de cerveja gelada
Mas se ela vem ‘’mofada’’
Enevoada, assumida
Se o Garçom na sua lida
Trata-me com atenção
Tem em retribuição
A gorjeta garantida.
 
Bêbado, rico, satisfeito
Eu distribuo gorjeta.
Chego a ferir a etiqueta
Inflacionando o mercado.
Quando não sou bem tratado
Ou algo me dasponta
Minha alegria desmonta
Fico de cabeça quente
E peço: Um café e a conta!
 
Celso Cruz