terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal a todos!!!!

Papai Noel,

Primeiramente quero agradecer pelo ano que está acabando.
Tem sido um ano maravilhoso, espero que 2014 consiga ser pior que 2015 e melhor que esse.
2013 começou com tudo.
Tive a oportunidade de nascer novamente com renovação de princípios e atitudes. Pude rever conceitos, aprender bastante, ajudar mais pessoas, viver intensamente o que a vida me apresentou.
Pude rever bons amigos e fazer novos.
2013 me mostrou quantas pessoas especiais existem na minha vida.
Ganhei um primo, uma prima chilena e uma priminha carioca. Eita...uma priminha mineira também!
Meus filhos muito saudáveis e crescendo em todos os sentidos.
Tive perdas. Mas que fazem parte do fluxo da vida. Talvez a maior perda que poderia ter, perdi a presença da minha vozinha Joana. Minha amiga, amiga da minha mãe. Além de avó e mãe.
Mesmo assim agradeço, pois sei que sua missão foi muito, mas muito bem cumprida. E quando cumprimos nossa missão, merecemos um descanso. Depois desse descanso, espero que em 2014, ela voltará a nos proteger e nos orientar.
Amores que vão....que venha 2014 com toda a força que a vida possa proporcionar.

Bom, vamos ao meu pedido....

Quero te pedir que ajude TODOS os meus amigos e parentes.
Ajude-os a ter mais tempo para nos encontrarmos.
Ajude-os a ter mais saúde para celebrarmos.
Ajude-os a ser mais generosos para que juntos possamos ajudar mais pessoas.
Ajude-os a conquistar seus sonhos....para que possamos sorrir juntos.
Ajude-os.

Um Feliz Natal para você e para todos!
Angelo Baeta



segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

COMUNICADO OFICIAL PARA TODOS:

Por meio desta, informamos que a partir do dia de hoje, estaremos de férias para um merecido descanso, para voltar com vocês no dia 2 de janeiro de 2014. Desejamos para todos vocês e famílias muitas felicidades nas festas de fim de ano, e 2014 com muita saúde!
Atenciosamente:
Alface ,Pão Integral, A Granola, Os Legumes e Verduras, As Frutas, A Linhaça, O Leite desnatado, O Peixe, O pepino e o Aipo, A Água de coco...
P.S.:
Na nossa ausência, estarão a vossa disposição, para atendê-los com a mesma gentileza de sempre:
A Skol gelada, O Leitão assado, O Peru recheado, A Bacalhoada, O Tender, O Pernil, A Farofa, As Rabanadas, As Tortas de nozes e de chocolate, O Panetone, Os vinhos, as Sangrias O Champanhe e todos os demais que integram a equipe.
Desde já agradecemos sua compreensão.
 
 

domingo, 8 de dezembro de 2013

Primeiros passos...ops...nados...

Acho que qualquer conquista de um filho é um prêmio de alegria para seus pais.
Há duas semanas estivemos no RJ e no passeio que fizemos em Bangu City, Bael Baeta fez seu primeiro nado solo numa piscina. A seguir cenas fortes de babação paterna!!!

video

sábado, 23 de novembro de 2013

Fernanda....a Baeta

Quando você nasceu, finalmente, caiu minha ficha que nada seria como antes.
Me transformei em um homem. Ali sim tive essa sensação. Um filho nos preenche de amor verdadeiro e responsabilidades reais, características que diferem meninos de homens.
Fui seu primeiro familiar a lhe dar banho. Você só conseguia dormir e arrotar comigo enquanto bebezinha.
Em cada conquista e em cada passo que dava estávamos juntos.
Pude lhe ensinar à andar de bicicleta, pude vê-la dizer suas primeiras palavras...mal sabia que faria delas verdadeiras armas anos mais tarde.
A vida traça rumos. Drummond dizia que haviam pedras nos caminhos. Artur da Távola dizia que haviam perdas nos caminhos. Se somarmos tudo posso te dizer que há amor de pai e de filha em todos os caminhos.
Primeiro nos separamos e começamos a viver em casas separadas. Você foi crescendo e virou uma menina linda, estudiosa e amante da leitura, das artes e da escrita. Começou a expressar-se por meio de sólidas e competentes frases. Uma escriba moderna e valente. Manifestações de suas inquietações e desenvolvimento enquanto mulher.
Depois nos separamos por muitas estradas e mares. No fundo, não desses mares, nos aproximamos na distância em um momento em que nos distanciávamos na proximidade.
Sim, você hoje é uma mulher. Tímida, insegura, confusa, porém meiga, inteligente, de personalidade forte e objetiva.
Meus cabelos, embora na mesma quantidade, alteraram sua coloração. Assim como minha experiência de vida. De perto ou de longe seremos sempre pai e filha.
Minha filha é o meu primeiro amor verdadeiro!
O primeiro amor nunca esquecemos. E hoje me emociono ao perceber que aquela menina indefesa que literalmente vi nascer, mesmo quase desmaiando de emoção na sala de parto, completa hoje sua maturidade. Hoje completam-se 18 anos que a vida me brindou com os seus olhos fortes, como o seu temperamento, e com sua presença diária em minhas orações.
Minha pequena virou minha princesa, depois minha menina, depois minha moça e hoje, já mulher e rainha de si, continua sendo minha filha querida que vi nascer.
Te amo do fundo desse meu coração velho e surrado. Parte desse coração que morreu há pouco não bate para a vida, mas sempre baterá por completo para você e Gabriel. Meus amores e minha razão de viver.
Feliz Aniversário Fernanda Baeta!
Que seus 18 anos sejam repletos de amor, esperança e surpresas boas, que preencham seu dia e suas estradas que você, agora, já pode traçar.
Posso não estar em algumas delas, mas saiba que em todas meu coração estará lhe amparando e torcendo contigo que te leve onde pretende chegar.
Dezoito vezes parabéns para você nessa data querida...


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Celebração da amizade


Juan Gelman me contou que uma senhora brigou a guarda-chuvadas, numa avenida de Paris, contra uma brigada inteira de funcionários municipais. Os funcionários estavam caçando pombos quando ela emergiu de um incrível Ford bigode, um carro de museu, daqueles que funcionavam à manivela; e brandindo seu guarda-chuva, lançou-se ao ataque.
Agitando os braços abriu caminho, e seu guarda-chuva justiceiro arrebentou as redes onde os pombos tinham sido aprisionados. Então, enquanto os pombos fugiam em alvoroço branco, a senhora avançou a guarda-chuvadas contra os funcionários.
Os funcionários só atinaram em se proteger, como puderam, com os braços, e balbuciavam protestos que ela não ouvia: mais respeito, minha senhora, faça-me o favor, estamos trabalhando, são ordens superiores, se nhora, por que não vai bater no prefeito?, senhora, que bicho picou a senhora?, esta mulher endoidou...
Quando a indignada senhora cansou o braço, e apoiou-se numa parede para tomar fôlego, os funcionários exigiram uma explicação.
Depois de um longo silêncio, ela disse:
- Meu filho morreu.
Os funcionários disseram que lamentavam muito, mas que eles não tinham culpa. Também disseram que naquela manhã tinham muito o que fazer, a senhora compreende...
- Meu filho morreu - repetiu ela.
E os funcionários: sim, claro, mas que eles estavam ganhando a vida, que existem milhões de pombos soltos por Paris, que os pombos são a ruína desta cidade...
- Cretinos - fulminou a senhora.
E longe dos funcionários, longe de tudo, disse:
- Meu filho morreu e se transformou em pombo.
Os funcionários calaram e ficaram pensando um tempão. Finalmente, apontando os pombos que andavam pelos céus e telhados e calçadas, propuseram:
- Senhora: por que não leva seu filho embora e deixa a gente trabalhar?
Ela ajeitou o chapéu e preto:
- Ah!, não! De jeito nenhum!
Olhou através dos funcionários, como se fossem de vidro, e disse muito serena:
- Eu não sei qual dos pombos é meu filho. E se soubesse, também não ia levá-lo embora. Que direito tenho eu de separá-lo de seus amigos?

Eduardo Galeano, In: O Livro dos Abraços.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Um Grande Salve à minha Avó Joana!!!!

Este tem sido um ano muito pesado na minha vida. Papai do Céu resolveu testar todos os limites desse meu coração vagabundo, que teima em resistir.
Hoje é o dia mais triste da minha vida, até então. Perdi fisicamente minha avó Joana, que fez sua passagem logo no início da manhã.
Quem me conhece sabe da admiração e do amor que tenho por ela. Minha avó sempre foi minha inspiração e ponto de equilíbrio. Mulher guerreira que encarou os desafios da vida de frente e nunca recuou. Vó Joana deixa um legado de filhos, netos, bisnetos e muitos amigos que levarão sua bandeira de paz e alegria pra esse mundão sem porteira.

Vó,
Por mais fé que eu tenha nesse momento, confesso minha fraqueza e deixo as lágrimas descerem com força. Com a força do amor que sinto pela Senhora e da falta que sentirei de você.
Sei que não queria partir nesse momento, mas que já estava aceitando os desígnios de Deus. Aceite essas nossas lágrimas como votos de carinho para que consiga trilhar sua espiritualidade com conforto.
Precisamos muito de suas orações e de seu olhar aí de cima.
Conforte sua filha, minha mãe, que está se fazendo de forte, mas que será a pessoa que mais vai sentir sua passagem.
Lembrei agora de algumas vezes que me levou, muito pequeno, à praia do Arpoador, com o Claudio. Lembrei, também, do nosso gosto pelo samba e pelo Flamengo. Com quem vou falar do Flamengo agora?
Te amo e vou amar sempre!
Não consegui vê-la depois de fevereiro, e me angustio ainda mais por isso. Iríamos nos ver no final do ano. Agora vou vê-la, pela última vez, hoje. Espero que receba meu último beijo com muito amor e admiração desse seu neto que se orgulha de sê-lo.
Descanse em paz!
Angelo



Segue a última homenagem que fiz à você....AQUI.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Abertura da Copa 2014

Depois de uma disputa acirrada eis que escolheram bem a cantora que fará a abertura oficial da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.
Não tinha como ser melhor...o The Voice que se cuide....


video

Fonte: Enviado pela Dona Dotye Baeta por e-mail.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Suprabhatam

O! Rama! Kausalya's auspicious child! Twilight is approaching in the East. O! best of men (Purushottama)! Wake up, the divine daily rituals have to be performed.
O! Govinda, wake up! O! Garudadhvaja (one who has Garuda on his flag)! wake up. O! Kamalakanta (the husband of Kamala)! by rising, render the three worlds auspicious.
May it be an auspicious dawn to Thee, O! Lakshmi, the Mother of the Worlds, who dwells on the chest of Vishnu, the enemy of the demons, Madhu and Kaitabha), of attractive and divine form, with the nature of granting what is desired by those seeking refuge!
May it be an auspicious dawn to Thee, O! Lakshmi, the beloved of the Lord of Vrsacala, with eyes like lotus petals, with a bright face like the Moon, who is worshipped by Vani, Girija and Pulomaja (the wives of Brahma, Sankara and Indra) and who is very compassionate.
Having worshipped the morning twilight and said their morning prayers, called sandhyavandana, the seven sages like Atri, bringing the beautiful lotuses from the divine Ganges, have arrived to worship Thy feet. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The Gods, like the five-headed Brahma, Subrahmanya, Shiva, and Indra are praising the deeds of your incarnation as the Trivikramavatara. Nearby is Brhaspati who is reading out the planetary position (called Panchangam) of the day. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The breeze, carrying the wonderful fragrance of the partly opened lotuses, and the beautiful trees like the Areca and Coconut, is blowing gently. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The parrots in their cages are opening their eyes, and graciously singing, after eating the remains of the plantain fruits and the payasam in the vessels. Lord Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The sage, Narada, is playing sweet music with his veena, and, in fine language, is singing praises of Thy endless deeds, gracefully waving his other hand. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The humming swarm of bees are sucking honey and emerging from the interiors of the lotuses of the adjoining pools, in order to serve Thee. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
While the womenfolk of the hamlet of cowherds churn the curds, the loud sounds and echoes emanating from the pots seems like as if the pots and the eight directions are quarrelling. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The swarm of bees in the lotuses are friends of the sun, and are making loud sounds with a view to surpassing the splendour of the lustrous blue lotuses. Lord of Seshachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
One with Lakshmi! One who grants boons! Friend of all the worlds! Abode of Sri Lakshmi! The matchless ocean of compassion! One having a charming form on account of the chest which is the abode of Sri Lakshmi! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Brahma, Shiva, Sanandana and several others have bathed in purified water. They are at your doorstep eager to see you, for their own well-being, though they have been hit with canes by your gods. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Lord of Venkatachala! Thy abode is always called by several names, such as Sri Sesasaila, Garudachala, Venkatadri, Narayanadri, Vrsabhadri, Vrsadri. May it be an auspicious dawn to Thee.
Siva, Indra, Agni, Yama, Nairuti, Varuna, Vayu and Kubera, with folded hands placed on their heads, are desirous of offering service to thee. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The modes of Thy conveyance - Garuda, the Lord of Birds, the Lion, Lord of Animals, Adisesa, the Lord of Serpents, Airavata, the Lord of Elephants and Uccaissravas, the Lord of Horses - are begging Thee to grant them their respective authority and power to server Thee better, on your pleasure trips. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The main deities of the Assembly of Gods - the nine planets - the Sun, the Moon, Mars (Angaraka), Mercury (Budha), Jupiter (Brhaspati), Venus (Sukra), Saturn (Sani), Rahu and Ketu are happy to serve even your servants and remain most obedient to Thee. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Lord of Venkatachala! Thy devotees, whose heads are sanctified by the dust of Thy feet, being in Thy presence, do not desire Heaven or Liberation, but are worried that another kalpa will start, when there will be no such glory to Venkatachala! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
On seeing the crests of Thy temple tower, the mortals, who are attempting to attain the exalted paths of Heaven and Liberation, feel like living on in the mortal world, as it gives them the opportunity of worshipping Thee. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Lord of Sridevi and Bhudevi! The ocean of nectar of compassion and other virtues! The chief of the Gods! The sole refuge of the Universe! The possessor of Sri (wealth)! One whose feet are worshipped by Ananta and Garuda! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Padmanabha! Purushottama! Vasudeva! Vaikunta! Madhava! Janardana! Chakrapani! Bearer of the mole Srivatsa! Celestial tree (parijata) under whom refuge is sought! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Bearer of the charming and divine form surpassing the pride of Cupid (Manmatha)! One whose sight is fondly centred on the lotus bud like breasts of His beloved! The abode of auspicious and pure virtues! The possessor of Divine fame! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Lord in ten incarnations of Matsya (Fish), Kamatha (Tortoise), Kola (Boar), Narasimha (Man-lion) Trivikrama (Dwarf), Parasurama, Rama, Balarama, Krishna and Kalki! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The Brahmins, well-versed in the Vedas, are now joyfully waiting to worship you. They are carrying golden pots on their heads that are filled with the water of the Divine Ganges (Akasa Ganga), which has been rendered fragrant by mixing cardamom, cloves and camphor in it. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
The Sun is rising; the lotuses have blossomed; the birds are twittering; the Sri Vaishnavas, always imploring auspiciousness, are waiting at Thy abode. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Brahma,the great sages and the good Yogins as Sanandana are waiting at Thy abode, with auspicious offerings in their hands. Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Abode of Lakshmi! Ocean of faultless and auspicious virtues! Bridge to cross the ocean of transmigration (samsara)! One whose glory is known through the Upanishads! One who is enjoyed by devotees! Lord of Venkatachala! May it be an auspicious dawn to Thee.
Thus here is the Suprabhatam of the Lord of Vrishachala! The humans who are engaged in reciting it everyday,  the remembrance gives birth to superior intellect, which is worthy of the six Vedangas and which makes the supreme goal easy to achieve.