sábado, 31 de dezembro de 2011

Ninguém é insubstituível

Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso fala com sua equipe de gestores.
Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "ninguém é insubstituível"!
A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.
Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada.
De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:
- Alguma pergunta?
- Tenho sim. E Beethoven?
- Como? - o encara o diretor confuso.
- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?
Silêncio…
 
O funcionário fala então:
 
- Ouvi essa estória esses dias, contada por profissional que conheço e achei muito pertinente. Afinal, as empresas falam em descobrir e reter talentos, mas, no fundo, continuam achando que os profissionais são peças dentro da organização e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar. Então, pergunto: quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? Etc.?…

- Todos esses talentos que marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, mostraram que são sim, insubstituíveis. Que cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para alguma coisa. Não estaria na hora de os líderes das organizações reverem seus conceitos e começar a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe, em focar no brilho de seus pontos fortes e não utilizar energia em reparar seus 'erros ou deficiências'?

- Acredito que ninguém se lembra e nem quer saber se BEETHOVEN ERA SURDO , se PICASSO ERA INSTÁVEL , CAYMMI PREGUIÇOSO , KENNEDY EGOCÊNTRICO, ELVIS PARANÓICO… O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos. Mas cabe aos líderes de uma organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços, em descobrir os PONTOS FORTES DE CADA MEMBRO. Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.

- Se um gerente ou coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe, corre o risco de ser aquele tipo de ‘técnico de futebol’, que barraria o Garrincha por ter as pernas tortas; ou Albert Einstein por ter notas baixas na escola; ou Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria PERDIDO todos esses talentos.

Olhou a sua a volta e reparou que o Diretor, olhava para baixo pensativo. Continuou:

- Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados… Apenas peças… E nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões que 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim:"Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:…NINGUÉM…Pois nosso Zaca é insubstituível.” – concluiu, o rapaz e o silêncio foi total.

Fonte: autor desconhecido, enviado por Rose via e-mail.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Reflexão & Perfeição

Meu nobre Fábio Pimentel, de Varre-Sai - RJ, embora more em Campos dos Goytacazes, me deixou essa boa reflexão para começar o novo ano com 2012 possibilidades de crer no fim de boa parte da letra dessa música que marcou minha geração.
Música de Renato Russo, poeta maior da Geração Coca-Cola, e fundador da Religião Urbana.
Música que tão cedo não deixará de ser atual, mas que nos faz pensar em atos que ajudam a manter viva essa canção.

Salve o nobre Fabinho Pimentel! Salve Renato Russo! Salve Legião! Salvem a minha Geração!!!!

PERFEIÇÃO
Vamos celebrar
A estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja
De assassinos
Covardes, estupradores
E ladrões...



Vamos celebrar
A estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação...



Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião...



Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade...



Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais...



Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros...



Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã...



Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração...



Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado
De absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos
O hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
Comemorar a nossa solidão...



Vamos festejar a inveja
A intolerância
A incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente
A vida inteira
E agora não tem mais
Direito a nada...



Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta
De bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isto
Com festa, velório e caixão
Tá tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou
Essa canção...



Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha!
Que o que vem é Perfeição!...


quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Esconderijos do tempo - por Quintana

A vida são deveres que nós trouxemos para fazer em casa.
 Quando se vê,  já são seis horas: há tempo...  
    Quando se vê,  já é sexta-feira...  
        Quando se vê,  passaram sessenta anos…
        Agora, é tarde demais para ser reprovado...  
E se me dessem – um dia - uma outra oportunidade,
    eu nem olhava o relógio
        seguia sempre, sempre em frente…
    e iria jogando pelo caminho
         a casca dourada e inútil das horas”.

                                                 “Seiscentos e Sessenta e Seis”
                                                                     Mário Quintana
                                                         (Esconderijos do Tempo)
Fonte: Celso Merola, por e-mail.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Que venham os 2012 desafios!


Mais um Natal que se aproxima, e novas e velhas preces se renovam.
Gostaria de pedir ao Papai do Céu que conceda aos meus amigos e familiares a graça de dividirmos muito mais risadas que choros em 2012, muito mais conquistas e realizações, além de momentos especiais de reencontros e encontros.
Agradeço muito pelo ano que tivemos, apesar de muitas perdas e tropeços, mas com um saldo positivo quando me lembro do sorriso do meu pequeno Gabriel, das medalhas e vitórias de minha Fernanda velejadora, e dos abraços e sorrisos sinceros de meus amigos.
Esse ano conseguimos ajudar mais pessoas e compartilhamos sonhos.
Que 2012 traga mais esperança em forma de conhecimento!
Que mais pessoas tenham acesso à educação e que os livros se transformem em instrumentos de paz e cidadania.

FELIZ NATAL & PRÓSPEROS 2012 DESAFIOS!

Angelo Baeta

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Imagens Baeta do mês!

Vi três imagens nessa semana que me lembraram do meu gosto pelos livros e me fizeram perceber que ainda há esperança de um mundo melhor nos novos e futuros leitores.
Lá em casa tem dois, Fernanda e Gabriel. Fernanda já lê bastante e Gabriel está começando a se interessar.
Falta de estímulo nunca será empecilho.
Salve a leitura! Salve a sede pelo conhecimento com responsabilidade e sustentabilidade!




terça-feira, 13 de dezembro de 2011

30 anos depois

Conquistas devem ser comemoradas e celebradas sempre!
Ainda mais a maior de todas da história do Mais Querido do Brasil.
Desde os tempo que Dondon jogava do Andaraí e Zico era o dono do Maraca!!!
Uma vez Flamengo....sempre Flamengo!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Convite à Cidadania


O final do ano se encerra e com ele vem as festas quando afloramos nosso espírito natalino.
Todos os anos eu apoio alguma iniciativa que oportunize crianças carentes a vivenciarem à mesma alegria que sentimos quando presenteamos nossos entes queridos.
Esse ano resolvi partilhar com todos vocês a escolha que fiz.
No dia 17/12 haverá uma linda festa no Centro de Cultura da Vila de Ponta Negra, Natal-RN, que assiste diversas famílias e crianças em situação de risco social. Haverá projeção de filme na rua, apresentações culturais, sorteio de cestas e brinquedos e uma ceia de Natal para as crianças.
O Centro de Cultura está precisando de doações de cestas natalinas para sortear entre as famílias, de roupas usadas para o Bazar, que já está acontecendo, e de brinquedos para as crianças.
Quem puder e/ou quiser participar peço que me enviem suas doações aqui no SEBRAE/RN até o dia 15/12, quando farei a entrega com os nomes de todos os doadores ao Centro de Cultura Vila de Ponta Negra.
Em nome das famílias e crianças assistidas agradeço de coração e desejamos um FELIZ NATAL a todos!



Endereço para envio:
SEBRAE/RN
Unidade de Desenvolvimento Territorial e Agronegócios
Avenida Lima e Silva, 76 - Lagoa Nova
Natal - RN
59.075-970
A/C: ANGELO BAETA

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Beber & dirigir

Eu gostaria de dividir minha experiência com você e tem a ver com beber e dirigir.
No último sábado saí com uns amigos para tomar uns drinks e perdí a conta de quantos whiskys com gelo eu tomei.

Sabendo o quanto estava bêbado, eu fiz algo que nunca havia feito antes em toda a minha vida…

Eu peguei um ônibus!

Cheguei em casa à salvo, sem nenhum incidente, o que me deixou perplexo,
uma vez que eu nunca havia dirigido um ônibus antes!

Fonte: Rosena Melo, por e-mail.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Época da escola

Recebi um e-mail engraçado que me fez lembrar da época de escola....acho que Renato Biazo e companhia vão lembrar....kkkk

Imaginem a situação:

Você acaba de chegar na sala de aula...atrasado....e escuta a terrível pergunta...

É claro que sempre tem uns que...

outros....

mas...eu...para variar...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

À minha filha

Há desesseis anos meu coração bate mais forte em todos os dias 23 de novembro.
Parece um teste para mostrar que na véspera do dia que seria a comemoração do aniversário do meu saudoso pai, esse é o dia que foi um divisor de águas na minha vida.
No dia 23 de novembro de 1995 deixei de lado as saudáveis irresponsabilidades dos meus 23 anos de idade para me tornar um homem de bem. Um homem que naquele dia teria uma razão maior para correr atrás de um futuro mais digno.
Aquela menina que acabara de nascer me fez chorar de joelhos e agradecer à Deus pelo presente lindo que por hora tinha recebido.
Não pensei, naquele momento, nas dificuldades, nas brigas, nos choros tampouco nas alegrias, nos motivos de orgulho, nos beijos e afetos. Pensei apenas que aquele bebê tinha sido uma dádiva para abençoar minha caminhada....e agora....a dela também.
Nasceu nesse dia minha Fernanda. Gerada com muito amor e criada com mais ainda.
Me lembro como se hoje fosse quando começava a dizer papai...ela acordava, ia para o meu quarto, pulava em cima de mim, abria meus olhos com seus dedinhos e dizia: PAPAI!!!!
É, minha filha, esse seu pai deu muitas risadas contigo e continuaremos a dar.
Você é um motivo de muito orgulho. Minha pequena viajante que já conhece de Floripa à Natal em suas viagens comigo...de carro...ahahah. Já conhece a Europa.
Divide comigo o gosto pela leitura. Amante das artes e do cinema antigo.
Minha velejadora premiada...quatro regatas...um bronze....uma prata...e no último domingo....um OURO!
Ouro que só veio coroar sua pequena e linda história de vida que está apenas começando. Mas começando com pé direito e com a firmeza com que seus pais lhe passaram seus jovens ensinamentos da vida do BEM.
Aos 16 anos minha Fernanda se tornou uma mulher responsável, estudiosa, cheia de sonhos e curiosidades. Se Deus quiser vamos ajudá-la a conquistar todos esses sonhos, porém as curiosidades...essas são mais difíceis de tirarmos. Pois, para quem conhece-te, suas curiosidades brotam dobradas cada vez que uma delas é saciada! rs
Continue assim. Curiosa, educada (nem sempre!!! rs), com sorriso aberto e sabendo que de longe dos seus olhos, mas dentro do seu coração, há um pai que torce por ti e que a ama mais que qualquer pessoa nesse mundão de meu Deus.
Sinta meu abraço de pai babão e apaixonado e meus desejos que seus sonhos se materializem em momentos de muitas conquistas e felicidades.
Tenha um Feliz Aniversário Baeta!!!!!
Beijos em seu coração.
Pai


domingo, 20 de novembro de 2011

Pensamento do dia

"O homem não sabe mais que os outros animais; sabe menos.
Eles sabem o que precisam saber. Nós não".

Fernando Pessoa

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Votem no meu Gabriel Baeta!!!!

Meu pequeno Dom Gabriel Baeta está participando do Concurso Bebê Hipoglós 2011. Peço a todos um tempinho para ajudar e dar seus votos para ele. Podem votar quantas vezes quiserem. Quanto mais votarem melhor, pois o concurso é por quantidade de votação pela internet. A votação é bem simples, basta clicar no link abaixo e votar muitas e muitas vezes. Compartilhem com seus amigos e nos ajude a fazer do BIEL o Bebê Hipoglós 2011!!!!! Obrigado a todos!
Vote aqui!!!
 

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Matando um leão por dia...

Em vez de matar um leão por dia, aprenda a amar o seu.
Outro dia, tive o privilégio de fazer algo que adoro: fui almoçar com um amigo, hoje chegando perto de seus 70 anos. Gosto disso. São raras as chances que temos de escutar suas histórias e absorver um pouco de sabedoria das pessoas que já passaram por grandes experiências nesta vida.

Depois de um almoço longo, no qual falamos bem pouco de negócios mas muito sobre a vida, ele me perguntou sobre meus negócios. Contei um pouco do que estava fazendo e, meio sem querer, disse a ele:
-"Pois é. Empresário, hoje, tem de matar um leão por dia".
Sua resposta, rápida e afiada, foi:
-"Não mate seu leão. Você deveria mesmo era cuidar dele".

Fiquei surpreso com a resposta e ele provavelmente deve ter notado minha surpresa, pois me disse:
- "Deixe-me lhe contar uma história que quero compartilhar com você".

Segue, mais ou menos, o que consegui lembrar da conversa:
"Existe um ditado popular antigo que diz que temos de "matar um leão por dia". E por muitos anos, eu acreditei nisso, e acordava todos os dias querendo encontrar o tal leão.
A vida foi passando e muitas vezes me vi repetindo essa frase.

Quando cheguei aos 50 anos, meus negócios já tinham crescido e precisava trabalhar um pouco menos, mas sempre me lembrava do tal leão Afinal, quem não se preocupa quando tem de matar um deles por dia?

Pois bem. Cheguei aos meus 60 e decidi que era hora de meus filhos começarem a tocar a firma. Mas qual não foi minha surpresa ao ver que nenhum dos três estava preparado! A cada desafio que enfrentavam, parecia que iam desmoronar emocionalmente. Para minha tristeza, tive de voltar à frente dos negócios, até conseguir contratar alguém, que hoje é nosso diretor-geral.

Este "fracasso" me fez pensar muito. O que fiz de errado no meu plano de sucessão? Hoje, do alto dos meus quase 70 anos, eu tenho uma suspeita: a culpa foi do leão”.
Novamente, eu fiz cara de surpreso.

O que o leão tinha a ver com a história? Ele, olhando para o horizonte, como que tentando buscar um passado distante, me disse:
- "É. Pode ser que a culpa não seja cem por cento do leão, mas fica mais fácil justificar dessa forma. Porque, desde quando meus filhos eram pequenos, dei tudo para eles. Uma educação excelente, oportunidade de morar no exterior, estágio em empresas de amigos. Mas, ao dar tudo a eles, esqueci de dar um leão para cada, que era o mais importante.

Meu jovem, aprendi que somos o resultado de nossos desafios. Com grandes desafios, nos tornamos grandes. Com pequenos desafios, nos tornamos pequenos. Aprendi que, quanto mais bravo o leão, mais gratos temos de ser. Por isso, aprendi a não só respeitar o leão, mas a admirá-lo e a gostar dele. Que a metáfora é importante, mas errônea: não devemos matar um leão por dia, mas sim cuidar do nosso. Porque o dia em que o leão, em nossas vidas morre, começamos a morrer junto com ele.”


Depois daquele dia, decidi aprender a amar o meu leão. E o que eram desafios se tornaram oportunidades para crescer, ser mais forte, e "me virar" nesta selva em que vivemos. 

A capacidade de luta que há em você, precisa de adversidades para revelar-se. 

Fonte: Texto de Pierre Schurmann, enviado por e-mail pela Adriana Bezerra.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

SINTOMAS QUE REVELAM O QUE ESTÁ FALTANDO EM NÓS!!!!!

 
Veja que interessante... a partir de certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados:
 
1. DIFICULDADE DE PERDER PESO
O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos.

2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro, semente de linhaça e os suplementos.

3. COMPULSÃO A DOCES
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos...

4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL
O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, Yakult e similares..

6. MEMÓRIA RUIM
O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.

7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.

8.. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS
O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR
O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6.
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite

11. DESÂNIMO, APATIA, TRISTEZA, RAIVA, INSATISFAÇÃODEPRESSÃO, VONTADE DE MORRER
O QUE ESTÁ FALTANDO: Dinheiro, meu filho, dinheiro!!!
ONDE OBTER: Se eu soubesse não tinha todos esses sintomas.... 
QUANDO SOUBER, AVISE-ME!
 
Fonte: Minha guru, Paulinha Mendonça.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Os anjos fazem a festa!

Há exatos dois anos recebi a visita de um anjo. Foi uma alegria tão intensa que o anjo resolveu ficar e fazer parte da minha vida completamente.
Meu pequeno anjo Gabriel tem sido o responsável por muitos sorrisos e incontáveis momentos de felicidade.
Sempre gostei muito de crianças e experimentei cedo o desafio e o prazer de ser pai. Minha Fernanda sempre me trouxe muito orgulho e alegrias.
Hoje meu caçula Gabriel completa dois aninhos de muita saúde e aprendizado.
O amor de um pai para seus filhos é um ato de responsabilidade e contemplação. Posso ver em seus passos os erros e acertos de uma infância distante e refletida no agora. Contemplo. E ao mesmo tempo me responsabilizo por ajudá-los a caminhar na linha do BEM. Tenho certeza que ajudarei a formar dois cidadãos éticos, responsáveis e com muito amor.
Quando somos adolescentes e nos apaixonamos pela primeira vez pensamos que descobrimos o que é o amor. Mas, quando temos nossos filhos e descobrimos que amamos alguém além de nós mesmos...ah....aí sim descobrimos o que significa essa palavra perfeita. Palavra que escreveu muitas histórias, que construiu o mundo, forjou a parte boa da humanidade....e me trouxe para o meu chão....meus filhos.
Biel por enquanto dorme, e eu apenas o velo com meu olhar de pai apaixonado. Porém, em poucos minutos toda a energia do meu "COISO GOSTOSO" vai transcender daquela cama de bebê para bagunçar o que encontrar pela frente e gritar ao meu ouvido: PÁI !!!!
Meu filho, meu pequeno grande Gabriel, tenha um Feliz Aniversário!
Te amo muito, assim como amo minha Fernanda.
Vocês são a minha razão e a tradução do meu coração mole e grande.
Pai